Pages

domingo, 5 de dezembro de 2021

Entenda as novas regras da Tarifa Social de Energia Elétrica

 


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) regulamentou nesta semana a inclusão automática na Tarifa Social de Energia Elétrica para famílias de baixa renda. Atualmente, são 12,3 milhões de famílias beneficiadas pela tarifa e a expectativa do governo é que mais de 11 milhões tenham acesso ao benefício.

Conforme a Aneel, os critérios para a concessão de benefícios não mudaram. Podem receber a Tarifa Social de Energia famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional; idosos com 65 (sessenta e cinco) anos ou mais ou pessoas com deficiência, que recebam o Benefício de Prestação Continuada (BPC); ou família inscrita no CadÚnico com renda mensal de até três salários mínimos, que tenha membro portador de doença ou deficiência.

A principal mudança é que, a partir de janeiro de 2022, as famílias que se enquadrem nos critérios para recebimento do benefício, mas que ainda não estejam cadastradas serão incorporadas por meio do cruzamento de dados dos sistemas do Ministério da Cidadania e das distribuidoras de energia. O cadastramento automático ocorrerá mensalmente.

A tarifa traz descontos no valor mensal do consumo das famílias beneficiadas. Para famílias que consomem até 30 quilowatts/hora, a redução é de 65%; de 31 a 100 kWh/mês, o valor fica 40% menor; de 101 kWh a 220 kWh, a redução é de 10%. Acima dos 220 kWh/mês o custo da energia é similar à dos consumidores que não recebem o benefício.

As famílias indígenas e quilombolas têm descontos maiores. As famílias inscritas no CadÚnico têm desconto de 100% até o limite de consumo de 50 kWh/mês, de 40% para consumo a partir de 51 kWh/mês, de 10% para consumo de 101 kWh a 220 kWh. Para indígenas e quilombolas que consomem acima dos 220 kWh/mês o custo é similar à dos consumidores sem o benefício.

Tá danado: PMs são agredidos por frequentadores de baile funk; vídeo

 

Frequentadores de um baile funk do Jardim Paulistano, região da Brasilândia, zona  norte de São Paulo (RN), agrediram a socos uma dupla de policiais militares que fazia patrulhamento preventivo com motocicleta no bairro, na manhã de hoje.h

As agressões aos PMs foram filmadas e os vídeos circulam pelas redes sociais. As imagens mostram vários homens dando socos, chutes e jogando garrafas em um dos policiais militares. O colega de farda do policial espancado consegue correr. Ele saca a arma e dispara um tiro.

Segundo informações preliminares de policiais militares, uma pessoa foi baleada e socorrida em um hospital da região. Não foi confirmado se a pessoa ferida a tiro era ou não um dos agressores dos PMs. O estado de saúde dela também não foi informado.

Um relatório feito por policiais militares ao qual a coluna teve acesso diz que os agressores tentaram roubar a arma do PM agredido e ainda levaram um rádio de comunicação usado por ele. O documento diz que o policial espancado sofreu ferimentos na face.

Fonte: Portal Grande Ponto

sábado, 4 de dezembro de 2021

Álvaro Dias reforça cancelamento do réveillon em Natal: “Eu nem aventei a possibilidade de voltar atrás”

 04/12/2021 21h57

O prefeito de Natal, Álvaro Dias reforçou que o cancelamento dos shows e da queima de fogos realizado pela Prefeitura está mantido.

“Eu nem aventei essa possibilidade de voltar atrás com a decisão. Houve algum equívoco nessa informação”, declarou ao Portal 98 FM. No Twitter, ele completou: “ “Decidimos cancelar a festa do Réveillon em Natal. Mesmo com a campanha de vacinação avançando, precisamos resguardar a população, tendo em vista que os efeitos da nova variante do coronavírus ainda não estão completamente avaliados. A vida vem sempre em primeiro lugar”.

O Blog noticiou ontem a informação vinda da Assessoria de Comunicação da Prefeitura na postagem Prefeitura afirma que não suspendeu cancelamento. Réveillon segue cancelado

Exame de seleção do IFRN reúne 14 mil estudantes neste domingo

 


O Exame de Seleção do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) será realizado neste domingo (5), com a participação de 14.581 estudantes.

São oferecidas 3.192 vagas para os cursos técnicos integrados ao ensino médio, em 20 campi do instituto.

O acesso aos locais das provas ocorrerá das 12h às 12h45 (horário oficial local). O candidato deverá apresentar o original do documento oficial de identificação usado para fazer a inscrição e o cartão de inscrição, que poderá ser solicitado; o cartão de inscrição está disponível desde o dia 29 de novembro na chamada Área do candidato. O cartão de inscrição indicará o dia, a hora e o local de realização das provas.

As provas contam com 20 questões de múltipla escolha de Língua Portuguesa e outras 20 de Matemática, além de uma questão discursiva de Produção Textual Escrita.

O IFRN também tomou medidas para minimizar as possibilidades de contaminação da Covid durante a aplicação das provas. Há a obrigatoriedade do uso de máscara durante todo o tempo em que o candidato e colaboradores estiverem dentro do local de provas; a necessidade de distanciamento nas filas para ingresso nos locais de prova e nas salas de aplicação; a disponibilidade de álcool 70º para candidatos e fiscais; aferição de temperatura dos candidatos no momento de ingressarem no local de prova; e a recomendação de que os candidatos levem suas garrafas de água.

G1RN

Walter Alves participa das festividades de 102 anos de Nova Cruz (RN)

 


O deputado federal Walter Alves (MDB-(RN) participou, na noite de ontem (3), das solenidades alusivas aos 102 anos de emancipação política do município de Nova Cruz (RN). O parlamentar foi homenageado pela administração municipal e prestou contas do trabalho no município.

O 102º aniversário de Nova Cruz foi marcado por uma extensa programação que contou com hasteamento de bandeiras, missa em ação de graças, inauguração de obras e show-louvor. Além de Walter Alves, o evento contou com a presença de autoridades locais e do deputado estadual Raimundo Fernandes (PSDB).

Após a missa, foi realizada a entrega de comendas em homenagem às autoridades. Walter Alves foi um dos homenageados. “Desde que assumi a prefeitura, Walter Alves tem sido um grande parceiro que ajuda com o progresso do município. Agradeço a colaboração e sei que o trabalho vai continuar”, disse o prefeito Flávio de Beroi.

Ao longo dos últimos anos, o mandato do deputado Walter Alves destinou mais de R$ 5 milhões para Nova Cruz. “São recursos aplicados em obras e projetos na saúde, educação e infraestrutura. É uma alegria voltar a Nova Cruz, olhar nos olhos das pessoas e prestar contas das nossas ações. Agradeço o carinho de todos”, contou o parlamentar.

Fábio Faria mentiu sobre relação política com Rosalba

 “Eu sempre fui adversário de Rosalba, não seria hoje que eu iria virar aliado”* quem proferiu essas palavras não foi um político do PT, PSOL ou qualquer partido de esquerda.

Foi ninguém menos do que o ministro das comunicações Fábio Faria, que se jacta de ter uma boa relação com o deputado federal Beto Rosado (PP), sobrinho e afilhado político de Rosalba.

Confesso que ainda me choco com esse tipo da cara de pau.

Fábio é filho de Robinson Faria, que foi vice de Rosalba nas eleições de 2010. Eleito, rompeu com ela no primeiro ano de mandato, mas se realinhou com a então governadora, impedida em convenção partidária de disputar a reeleição em 2014.

Teria Fábio votado em Iberê Ferreira de Souza ou Carlos Eduardo Alves em 2010? Claro que não e as fotos provam isso.

Blogue do Barreto

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Projeto destina R$ 2,8 bilhões para pagar cota extra de auxílio emergencial a pai solteiro

 


Proposta enviada ao Congresso Nacional pelo Poder Executivo (PLN 43/21) abre crédito especial de R$ 2,794 bilhões para pagar auxílio emergencial a pessoas em situação de vulnerabilidade por causa da pandemia de Covid-19. O objetivo é pagar neste mês de dezembro uma cota complementar aos homens monoparentais, que são os pais solteiros ou chefes de família que criam os filhos sozinhos, sem cônjuge, companheira ou companheiro.

Em 2020, apenas mulheres monoparentais receberam o pagamento de cota dupla do auxílio emergencial. Para obter o benefício, a trabalhadora deveria estar inscrita no Cadastro Único ou então preencher formulário em plataforma digital até 2 de julho de 2020. Neste ano, o Congresso decidiu estender a cota complementar para os homens monoparentais (Lei 14.171/21).

Como o cadastro pelo aplicativo ou site da Caixa não permitia que os homens marcassem a opção de chefe de família, será verificado se o beneficiário de cota simples não tem cônjuge ou companheira, se há pelo menos uma pessoa menor de 18 anos de idade na família, e se não houve concessão de benefício de cota dupla para outra beneficiária ou marcação de chefe de família por outra pessoa no mesmo grupo familiar.

O pagamento de dezembro será apenas para quem se cadastrou pelo aplicativo ou site. Homens monoparentais beneficiados pelo programa Auxílio Brasil ou inscritos no Cadastro Único receberão a cota complementar somente nos primeiros meses de 2022. No total, o Ministério da Cidadania estima beneficiar 1,283 milhão de famílias de homens monoparentais. Para isso, serão necessários mais R$ 779 milhões para os atendidos pelo Auxílio Brasil.

Conheça o Auxílio Brasil e outras estratégias de redução da pobreza
O Ministério da Cidadania decidiu dividir os pagamentos porque a Caixa manifestou ser necessário escalonar o público-alvo, para não prejudicar a capacidade de atendimento das agências.

George enquadra “lacração” de Kelps: “isso aqui é mídia para promover alguém”

 O deputado estadual George Soares (PL) perdeu a paciência com o presidente da CPI da Covid-19 Kelps Lima (SD) e apontou as contradições do colega que deu diversas entrevistas garantindo que os trabalhos não teria “lacração”.

A fala foi durante o depoimento do secretário estadual de saúde Cipriano Maia. Kelps se retirou do plenário paara gravar vídeo para as redes sociais avisando que o auxiliar da governadora tinha assinado um contrato sem ler. “Foi dito que não ia haver politicagem, que não ia ter showzinho e um bocado de coisa, mas está sendo feito constantemente. É uma situação constrangedora”, disparou.

George criticou a postura dos parlamentares que transformaram a CPI em palanque. “Isso aqui é mídia para promover alguém”, argumentou.

VÍDEO:

Blogue do Barreto

ALÍVIO: Uma semana após batizar Ômicron, OMS ainda não registra mortes pela variante

 03/12/2021 20h43

Foto: Reprodução / OMS / YouTube

O porta-voz da OMS, Christian Lindmeier, disse nesta sexta (3) que a organização ainda não registrou mortes causadas pela variante Ômicron do novo coronavírus. A informação é da AFP.

“Não vi relatos de mortes relacionadas à Ômicron ainda”, disse Lindmeier a repórteres em Genebra.

“Estamos reunindo todas as evidências e vamos descobrir mais com o tempo”, acrescentou.

“Quanto mais países (…) continuarem testando pessoas, e buscando especificamente pela variante Ômicron, também vamos descobrir mais casos, mais informação, e esperamos que não, mas também possivelmente mortes”.

A variante B.1.1.529 foi batizada de Ômicron pela OMS na sexta passada (26). Ela foi identificada pela primeira vez no começo de novembro, no Botsuana.

No Brasil, já são cinco casos confirmados de Ômicron. Apenas ontem, o país registrou mais de 12 mil casos novos da doença, de cepas variadas.

Portal Grande Ponto

Auxílio Brasil de R$ 400 deve começar a ser pago em 10 de dezembro

 03/12/2021 20h42

Foto: Divulgação

O Ministério da Cidadania espera que parte da PEC dos Precatórios seja promulgada na 2ª feira (6.dez.2021) pelo Congresso Nacional. Caso a expectativa se confirme, os pagamentos do Auxílio Brasil de R$ 400 devem começar na próxima 6ª feira (10.dez.2021).

O calendário de pagamentos do Auxílio Brasil foi divulgado em novembro pelo governo federal e prevê que o benefício de dezembro será pago a partir da próxima 6ª feira (10.dez). Pelo cronograma, os pagamentos deste mês seguem até o dia 23 –2 dias antes do Natal.

O governo pretende manter esse calendário e o Ministério da Cidadania espera que já seja possível pagar os R$ 400 prometidos pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) nessas datas. Para isso, no entanto, depende da promulgação da PEC (proposta de emenda à Constituição) dos Precatórios, que abre espaço fiscal para o benefício.

Calendário

O calendário de pagamentos do Auxílio Brasil segue o modelo do Bolsa Família: ocorre nos últimos 10 dias úteis do mês, de acordo com o final do NIS (Número de Identificação Social) do beneficiário. Em dezembro, o pagamento é antecipado para terminar antes do Natal. Eis as datas de novembro e dezembro:

Poder360